Nos dias 17, 18 e 19 de novembro de 2016 realizou-se o Encontro Internacional sobre Direito à Saúde, Cobertura Universal e Integralidade Possível.

O evento, organizado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em parceria com o Grupo Banco Mundial, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público de Minas Gerais, contou com expositores do Chile, do México, da Argentina, da Costa Rica, do Uruguai, da Colômbia, do Brasil, de Portugal e da Coréia do Sul, que enobreceram os debates sobre o tema, ao apresentarem visões do papel do Estado que podem contribuir para aprimorar a saúde pública no Brasil, de forma plural, constitucional e necessária.

Partindo da premissa de que a cobertura universal é consenso internacional, assim como que a integralidade somente se refere à integralidade regulada, os três dias de debate marcaram a importância de se buscar na experiência internacional o que é mais efetivo na garantia do direito à saúde.

As apresentações dos expositores do evento, concluído no sábado, 19/11, poderão ser visualizadas no sítio eletrônico da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Para acessar, clique aqui.